espiritualidade e vida cristã · missio dei

De paredes e construção

“…edifícios de Deus sois vós” (1Co 3.9c – ARA)

Chateada, sentei-me para falar com o pastor. Será que entenderia a revolta? Contei-lhe de minha decepção com Deus.

– Pastor, Ele me mostra a vida que posso ter. Fala de Sua vontade para mim, deste chamado. É lindo, mas é impossível! Jamais vai acontecer! Por que me dá sonhos? Estou cansada de acreditar. Sinto como se olhasse a planta de um grande edifício. Queria vê-lo construído, mas na minha vida Deus não faz nada disso acontecer!

– Isso é porque quem vai construir é você! –, respondeu ele. Você tem a planta, sabe aonde chegar. Trabalhe para isso. Não vai ser de um dia para o outro. Tenha paciência. Tome decisões e dependa de Deus.

Quis chorar, falar que ninguém me compreendia. Fiquei em silêncio. Ele estava certo. Quem observa um belo edifício não imagina todo o trabalho que se teve para construí-lo. Saí de sua sala decidida a aprender sobre construção. O Senhor ajudou-me com isso: ao lado de meu prédio, um hotel começou a ser erguido. Religiosamente, ia até a janela pela manhã e observava a evolução do trabalho. O local foi definido e aplainado, o terreno solidificado. A pesada máquina fazia tremer o chão ao socar a terra. Tudo muito firme, cargas de areia e enormes sacos de cimento foram usados para preparar o lugar dos alicerces. Ao serem erguidos, por seu tamanho, tive ideia da grandeza do hotel. Da mesma forma, meu edifício precisava ser começado, do chão, onde tudo se começa, num solo firme, com bons fundamentos.

Saí da janela e conversei com os trabalhadores. Eles eram muito pacientes. Passavam semanas, às vezes meses, em cada etapa. Quando toda a base estava pronta, a construção parou. Cessou o barulho, os trabalhadores não apareceram mais. Fez chuva e sol, passaram as estações, terminei coisas, comecei outras. Doía meu coração ver tudo parado. Senti falta de ser acordada pelo barulho da obra.

Paulo diz que cada cristão é um edifício de Deus, algo que Ele pacientemente constrói. Depois da conversa que tive com meu pastor há tantos anos, passei a ver minha vida espiritual e ministerial da mesma forma. O Senhor projeta, eu executo, pois cada um é responsável por construir de acordo com a planta que recebeu de Deus. Naqueles dias, dediquei-me a ter um bom fundamento. Como Jesus ensinou em Lucas 6.46-49, pus meus alicerces na Palavra e, em obediência, tornei-me firme e constante no Senhor. Contudo, depois de um trabalho muito intenso, desanimei. Cansada, desisti de crescer.

Orando com uma amiga outro dia, ela abriu-me os olhos:

– Eliceli, você construiu um fundamento muito bom, eu vejo. Dá pra colocar paredes gingantes aí em cima e não vai cair, de jeito nenhum. Mas olho pra você e meu coração dói, sabe por quê? A obra parou. Você não sai da base deste prédio! Construiu uma cabaninha ali e vive confortável. Você tem condições de ser um enorme edifício, que vai abrigar muitos, tenho certeza disso. Me diga: não está na hora de parar de colocar cimento no chão e erguer as paredes?

Confrontada, lembrei-me da construção abandonada. Em minha imaginação, armei uma barraca em cima do cimento e me escondi da chuva. Ela não sabia de minha metáfora do edifício, mas não errou em nada. Há tempos deixei de me desafiar e construir. Prostrei-me diante do Senhor, decidida a voltar ao trabalho árduo.

Semana passada, fui rever a construção, ao lado do prédio onde morei. Para minha surpresa, não há mais máquinas, terra e areia. Nada de barulhos ou confusão. Um lindo prédio se destaca entre os outros. Parei para observá-lo e fiz uma breve oração:

– Senhor, dirija meus passos (Pv 16.9), aconselhe-me. Decida comigo como será o primeiro andar e todos os outros. Não importa quanto tempo demore, quero a satisfação de ver a planta que recebi sair do papel. Vamos erguer este edifício!

Faxinal dos Guedes – SC – 30/12/11

Anúncios

Um comentário em “De paredes e construção

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s